Artigos

revisão bibliográfica exemplo

revisão bibliográfica exemplo A expressão monografia é empregada no mundo acadêmico para designar uma gama de trabalhos escritos. Quando se fala em sentido amplo (lato senso), representa desde um comunicado técnico até uma Tese de Doutorado. No sentido mais restrito (stricto senso) representa um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), cujos resultados passaram por tratamento estatístico e cuja aprovação é requisito para obtenção do nível de graduação.

 

O termo “monografia” é usado no meio acadêmico para designar uma variedade de obras escritas. Quando se fala amplamente (lato senso), ele pode representar desde um relatório técnico até uma dissertação. No sentido mais estrito (stricto senso), representa uma Tese de Graduação (TCC), ou seja, dentro dos padrões da ABNT, com certo grau de complexidade e profundidade, cujos resultados foram tratados estatisticamente e cuja aprovação é o pré-requisito para a obtenção de um nível de graduação.

 

É essencial observar certos pontos a fim de melhorar o apelo estético e a sistematização do trabalho. Evite deixar novos títulos de seção no final de uma página e deixe o texto relacionado a tal título começar na página seguinte. Também é recomendável não ter linhas únicas no início ou no final de uma página. As formas geométricas e outros documentos devem ser mencionados antes de sua aparição.

 

Quando o termo é usado em um sentido amplo (wide sense), pode representar desde um relatório técnico até uma tese de doutorado. Em um sentido mais restrito, refere-se a um trabalho de pesquisa escrito para crédito acadêmico como parte de uma graduação ou pós-graduação, geralmente contendo análise estatística e aprovado por um conselheiro ou comitê.

 

A monografia é a obra escrita pelo aluno que corresponde às recomendações da ABNT, sendo composta por capítulos e seções e através de uma introdução, desenvolvimento e conclusão.

 

Evite usar quebras de linha no meio de uma frase.

 

A expressão ‘monografia’ é comumente usada nos círculos acadêmicos para designar uma série de trabalhos escritos. Quando usada em um sentido amplo (lato sensu), ela pode representar desde um relatório técnico até uma tese de doutorado. No sentido mais restrito (stricto sensu), refere-se a uma Tese de Mestrado que deve estar de acordo com os padrões estabelecidos pela ABNT, tem alguma complexidade e profundidade, foi tratada estatisticamente e a aprovação é necessária para a graduação. Os seguintes pontos são importantes para melhorar a aparência e o formato do seu trabalho.

 

A monografia é empregada nos círculos acadêmicos para designar uma série de trabalhos escritos. Quando utilizada em um sentido amplo, ela pode representar tudo, desde um relatório técnico até uma dissertação de doutorado. No sentido estrito, refere-se a um trabalho final de graduação (TCC), que está em conformidade com as normas da ABNT e que foi submetido a tratamento estatístico e cuja aprovação é necessária para a obtenção de um diploma. Alguns pontos devem ser observados a fim de melhorar o estilo do trabalho e sua organização.

 

A expressão “monografia” é usada no mundo acadêmico para denotar uma variedade de obras escritas. Quando usada de forma ampla (lato senso) pode significar tanto um relatório técnico como até mesmo uma tese de doutorado.

 

Observe os seguintes itens para melhorar a estética do trabalho e a sistematização.

 

Os termos “flexo duplex” e “ditto printing” são ambos usados para se referir a um determinado processo de impressão. A impressão duplex, em geral, é o processo de criar uma página impressa transferindo a tinta de uma fita de tinta para o papel que foi movida por dois cilindros em tandem um em direção ao outro, esfregando assim a tinta da fita para o papel.

 

Ao escrever em tom formal, é importante evitar o uso de frases que comecem com uma palavra ou frase como “Precisospara” ou “Em primeiro lugar”, uma vez que estas não são o inglês padrão. Ao invés disso, escreva frases formais como “First of all” e “In order to improve this article”, para que seu leitor entenda claramente o que você quer que ele faça a seguir.

 

No contexto acadêmico, a “monografia” é utilizada para designar uma série de obras escritas. Quando é dita em sentido amplo (lato sensu) pode representar tudo, desde um relatório técnico até uma tese de doutorado. Em sentido estrito (stricto sensu) representa um Trabalho Final (FP), que são normas da ABNT, com alguma complexidade e profundidade, cujos resultados foram tratados estatisticamente e cuja aprovação é necessária para a obtenção do nível de graduação. A observação de alguns pontos é importante para melhorar a estética do trabalho e a sistematização.

 

O termo “monografia” é usado no meio acadêmico para se referir a uma série de obras escritas. Em um sentido amplo, pode representar desde uma comunicação técnica até uma dissertação de doutorado. Em seu sentido estrito, refere-se a um projeto final para sua graduação – geralmente uma análise de dados unificada que deve passar em testes estatísticos e ser aprovada pelo instrutor do curso a fim de receber as credenciais de graduação.

 

Procure deixar o título de uma nova seção na mesma página do início do texto referente ao título.

 

Seus resultados passaram por tratamento estatístico e haverão de ser apresentados em uma monografia.

 

Quando se fala em um sentido amplo, este termo se refere a uma ampla gama de formatos de escrita. Estes incluem documentos técnicos, trabalhos de tese e até mesmo relatórios de final de ano de estudante. Quando usado em seu sentido mais estrito, refere-se ao Trabalho de Tese, que tem certos requisitos acadêmicos, está sujeito a análise estatística e deve ser aprovado para receber o nível de graduação”.

 

Os testes são uma parte importante da redação de uma dissertação. Eles o ajudarão a encontrar as principais questões antes de começar a escrever a versão final de seu estudo e economizar tempo nesta etapa.

Deixe um comentário

Conversar agora
1
Vamos conversar!
Olá
Estamos online!