Artigos

problematização de um projeto

problematização de um projeto A expressão “monografia” é usada no mundo acadêmico para designar uma série de trabalhos escritos. Quando este termo é usado em um sentido amplo (latu sensu), ele pode variar desde um relatório técnico até uma dissertação de doutorado. Em sentido estrito (strictu sensu), denota o projeto final de um estudante de pós-graduação, que está dentro dos padrões da ABNT e requer análise estatística, sendo sua aprovação pré-requisito para a graduação. É importante ter em mente alguns pontos para uma melhor estética e sistematização.

 

A expressão “tese” é usada na academia para se referir a uma ampla gama de trabalhos escritos. Quando usada em seu sentido mais amplo, ela pode representar qualquer coisa, desde um trabalho técnico até uma tese de doutorado. Em seu sentido mais restrito, refere-se a um Projeto de Pesquisa de Graduação (URP), que segue as diretrizes da ABNT e normalmente envolve um conteúdo e tratamento mais complexo do que um trabalho regular. Algumas dicas para melhorar seu trabalho incluem:

 

O termo “tese de mestrado” é usado nos círculos acadêmicos para designar uma ampla gama de trabalhos. Quando usado em um sentido amplo (sensu latino), pode significar desde o relatório técnico até a tese de doutorado.

 

Aspectos da proposta de tese

 

Este documento descreve os principais aspectos relevantes para o sucesso de um projeto.

 

O principal objetivo deste documento é problematizar e fornecer uma estrutura para discussão no que se tornou um debate interminável sobre a necessidade de mudança na forma como ensinamos, pesquisamos e compartilhamos conhecimento em nossas escolas.

 

Evite uma falta de estrutura que pode levar a repetições desnecessárias e acolchoamento, confundindo os leitores e prejudicando sua credibilidade. A problematização do projeto é um trabalho, de acordo com as regras das Normas Educacionais Brasileiras, com alguma complexidade e profundidade na pesquisa, cujos resultados foram submetidos a tratamento estatístico e cuja aprovação é um pré-requisito para a graduação (consulte o apêndice).

 

É importante ter uma boa sistematização e não deixar linhas em branco no início ou no final da página. Evite deixar linhas isoladas iniciando uma nova seção em seu texto, pois pode ser confuso para aqueles que lêem seu trabalho.

 

As palavras que estão em negrito são as chamadas de bold e devem ser utilizadas com cautela pois qualquer alteração deste texto pode afetar no aspecto visual daquilo que está escrito.

 

Evite deixar linhas de texto no final de uma página, ou sem mais texto na página seguinte.

 

Se você quiser melhorar seu relatório, tenha em mente alguns pontos.

 

O papel mimeógrafo é um tipo de papel de transferência térmica que utiliza uma tinta à base de cera. Destina-se a ser utilizado na produção de documentos através de uma prensa de impressão. No entanto, a máquina mimeógrafo atual caiu fora de uso e foi substituída por fotocopiadoras modernas e métodos mais rápidos como a impressão offset. A tinta do mimeógrafo seca rapidamente, então você verá que colar texto preto sobre fundo branco funciona melhor. A expressão “monografia” é freqüentemente usada no meio acadêmico para designar uma ampla gama de trabalhos acadêmicos. Quando se fala em um sentido amplo (lato sensu) pode representar qualquer coisa, desde um boletim técnico até uma tese de doutorado. Em um sentido mais restrito representa uma Tese de Mestrado (TCC), que está dentro dos padrões estabelecidos pela ABNT e requer um tratamento mais complexo e processamento estatístico, cuja aprovação é necessária para a graduação na faculdade. A observação de alguns pontos é importante para uma melhor estética do trabalho e para a sistemática. Ao escrever um artigo, evite iniciar novas seções no final de uma página e iniciar o texto para aquela seção na página seguinte. Da mesma forma, evite deixar linhas em branco no início ou no final de uma página. Figuras, tabelas e outros suplementos devem ser sempre mencionados antes de aparecerem no texto, para que os leitores saibam o que esperar ao ler.

Deixe um comentário

Conversar agora
1
Vamos conversar!
Olá
Estamos online!