Artigos

Fundamentação Teórica: Guia Completo para Pesquisas

fundamentação teórica

A fundamentação teórica se destaca como pilar central em projetos de pesquisa. Emprega-se uma combinação de métodos e fontes teóricas robustas para reavaliar teorias, conceitos e ideias preexistentes. No coração da pesquisa de base, a fundamentação teórica é crucial, enriquecendo o arcabouço teórico e conceptual do estudo. Diferente da pesquisa empírica, esta abordagem exclui coleta de dados e experimentação prática, focando-se exclusivamente na análise crítica e na sustentação teórica de conceitos já estabelecidos.

Ela apresenta-se sob uma luz qualitativa, mirando a geração de insights inovadores para o progresso científico. A pesquisa teórica, dependendo do alcance do estudo, pode adotar formas diversas: exploratória, descritiva ou explicativa. É fundamental destacar a sinergia entre a pesquisa teórica e a empírica. A primeira oferece alicerce teórico e conceitual. Já a última avaliza essas teorias via experimentações e análises de casos concretos.

Principais pontos deste artigo:

  • A fundamentação teórica é essencial em projetos de pesquisa
  • A pesquisa teórica envolve a análise e a fundamentação de teorias existentes
  • Pesquisa teórica e pesquisa empírica se complementam
  • A pesquisa empírica comprova a teoria por meio de experimentos e estudos de caso
  • É importante seguir as normas da ABNT na elaboração da fundamentação teórica

Como fazer uma Fundamentação Teórica

Para elaborar uma fundamentação teórica robusta, é preciso primeiro definir o escopo da pesquisa. Isso abrange a escolha do tema, a identificação do problema de pesquisa, a definição dos objetivos e a seleção da metodologia adequada. Uma estrutura clara é essencial para embasar sua pesquisa de maneira sólida.

A busca por fontes acadêmicas de alta credibilidade é crucial. Livros, artigos científicos e dissertações devem ser priorizados. Conteúdos baseados em opiniões ou provenientes de sites não confiáveis devem ser evitados, dado que comprometem a qualidade da fundamentação.

A adoção de fichamentos revela-se uma estratégia eficaz para a organização das ideias. Eles permitem uma gestão eficiente do material coletado, facilitando o registro de informações cruciais, citações e conceitos relevantes extraídos das fontes consultadas.

É vital contextualizar o tema da pesquisa na fundamentação teórica. Apresente o estágio atual do tema e seu tratamento na literatura contemporânea. Tal abordagem ressalta a importância de sua investigação e sua contribuição para o desenvolvimento do campo de estudo.

Ademais, a observância das normas da ABNT para citações e referências é mandatória. A correta aplicação dessas diretrizes assegura a credibilidade e a integridade científica do seu trabalho acadêmico.

como fazer uma fundamentação teórica

Relação entre Pesquisa Teórica e Pesquisa Empírica

A pesquisa teórica e empírica, longe de serem divergentes, convergem para complementar-se no âmbito científico. Essas vertentes são cruciais no desenvolvimento do conhecimento e no progresso da ciência. A pesquisa teórica incide sobre a análise de teorias e fundamentos em uma área específica. Ela permite a criação de um alicerce de saberes, fundamentando áreas de estudo.

Essa modalidade é vital para estruturar o referencial teórico de qualquer projeto de pesquisa. Por outro lado, a pesquisa empírica focaliza a observação e experimentação direta dos fenômenos. Utiliza métodos empíricos para validar teorias, enchendo-as de evidências concretas. Ela é a ponte para avaliar a veracidade das hipóteses teóricas propostas.

Contudo, a dependência mútua entre essas pesquisas varia conforme a disciplina. Em certos domínios, uma base teórica robusta pode reduzir a necessidade de investigação empírica. Contrastando, nas ciências exatas e naturais, a pesquisa empírica é fundamental. Ela é necessária para confirmar as suposições teóricas.

Links de Fontes

Deixe um comentário

Conversar agora
1
Vamos conversar!
Olá
Estamos online!